NOTÍCIAS

Festival Mi celebra 15 anos de história e abre inscrições para oficinas temáticas

As inscrições para as 89 oficinas seguem abertas entre os dias 20 de maio e 5 de junho, no site de editais da Secult

Um dos maiores festivais de formação musical do Brasil debuta em 2019: o Mi – Festival Música da Ibiapaba, uma realização da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), chega a sua 15ª edição celebrando inúmeros mestres e aprendizes, importantes artistas que protagonizaram momentos especiais de construção formativa, apresentações musicais e muito afeto trocado nas ruas da cidade que virou palco principal desse grande show – Viçosa do Ceará. O Mi conta, na sua programação, com 90 oficinas, 31 professores (13 do Ceará e 18 de outros estados) e a presença de 3 mestres e mestras da Cultura do Ceará.

Destacando seu pilar principal, o conhecimento, o Mi anuncia a abertura de inscrições para as suas oficinas temáticas que envolvem música popular, música erudita e produção musical. A coordenação pedagógica este ano é assinada por Heriberto Porto e Arley França. Este ano, o Mi oferecerá 90 oficinas e as inscrições seguem abertas entre os dias 20 de maio a 5 de junho, gratuitas, podendo ser feitas pelo site dos Editais da Secult (http://editais.cultura.ce.gov.br/2019/05/20/mi-15o-festival-musica-da-ibiapaba-2019/).

Cerca de 600 estudantes de música irão se encontrar durante os sete dias de programação do Mi, que conta com oficinas de música, shows, aulas com os Mestres da Cultura e muito mais. “É um importante festival de formação musical que reúne estudantes de todas as regiões do Ceará. Além das oficinas, um destaque são os encontros, vários alunos criam projetos durante o evento e seguem juntos na ativa até hoje. Temos também uma presença forte de estudantes de outros estados. O Mi é uma grande interação entre várias linguagens da música popular brasileira”, afirma Heriberto Porto, coordenador pedagógico do festival.

A cada ano, o Mi vem se ressignificando, seja no seu conceito, na sua programação artística e na conexão com outros setores das artes, da economia da cultura, do turismo, da artesania e da gastronomia – e este ano não será diferente! Toda a programação é inteiramente gratuita.

“O MI é um dos mais importantes festivais de músicas do Brasil, é um festival que tem uma características próprias, que mistura a música regional e brasileira. Em sua 15ª edição, teremos diversas oficinas de extrema qualidade. Uma novidade é que teremos uma ação voltada para pessoas com deficiência, trabalhar a acessibilidade é garantir direitos e diversidade”, pontua o maestro Arley França, coordenador pedagógico do Mi.

Um dos festivais mais reconhecidos do calendário cultural do Estado e uma das principais ações de interiorização da política cultural da Secult, o Mi tem como objetivo aprimorar e desenvolver a cultura musical do nosso Estado, possibilitar diálogos, troca de saberes, repasse de conhecimento, geração de novas referências, revelar talentos e valorizar músicos, compositores, intérpretes, técnicos, pesquisadores e demais agentes da cadeia produtiva da música cearense e brasileira.

O Mi – 15º Festival Música da Ibiapaba é realizado pelo Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura e do Instituto Dragão do Mar, em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc), com a Secretaria de Turismo (Setur) e a Prefeitura de Viçosa do Ceará..

Quem pode participar
Podem participar do Mi – 15º Festival Música da Ibiapaba músicos, estudantes de música, educadores musicais, pesquisadores musicais e demais interessados na área de música que atendam os pré-requisitos das atividades constantes na programação de formação do festival. Para participar das atividades formativas do 15º Mi, os participantes deverão ter a idade mínima de 16 anos. O resultado da seleção dos participantes das oficinas do Festival Mi está previsto para ser divulgado no dia 18 de junho.

Mestres da Cultura
O Mi celebra, como em outras edições, a interação da música com a cultura popular tradicional e convida, para compor sua programação formativa, três mestres e mestras da cultura do Ceará, tesouros vivos reconhecidos pela Secult: Mestra Ana Maria (Tianguá – CE), Mestra Cacique Pequena (Aquiraz – CE) e Mestre Expedito Caboco (Juazeiro do Norte – CE).

Oficinas temáticas

NÚCLEO DE MUSICALIZAÇÃO
Prática de Coral Infanto-Juvenil – Patrícia Marin (SP)
Prática de Violão: Leitura musical e a cifra funcional – David Calandrine (CE)

NÚCLEO INSTRUMENTAL
Técnica da Flauta Doce – Sueli Helena (MG)
Flauta Transversal (nível médio) – Maiara Morais (SP)
Clarinete (nível médio) – Max Ferreira (SP)
Saxofone (nível médio) – Rodrigo Capistrano (PR)
Trompete (nível médio) – Ranilson Farias (RN)
Trombone (nível médio) – Sandoval Moreno (PB)

 

Flauta Transversal (nível avançado) – Maiara Morais (SP)

 

Clarinete (nível avançado) – Max Ferreira (SP)

 

Saxofone (nível avançado) – Rodrigo Capistrano (PR)

 

Trompete (nível avançado) – Ranilson Farias (RN)

 

Trombone (nível avançado) – Sandoval Moreno (PB)

 

Bombardino e Tuba (médio/avançado) – Rômulo Santiago (CE)

 

Trompa e Sax-horn (médio/avançado) – Rômulo Santiago (CE)

 

Cordas Populares (médio) – Mathilde Fillat (SP)

 

Cordas Populares (avançado) – Mathilde Fillat (SP)

 

Acordeon (médio/avançado) – Rodolf Forte (CE)

 

Piano Popular (médio) – Thiago Almeida (CE)

 

Piano Popular (avançado) – Thiago Almeida (CE)

 

Violão Popular (médio) – Conrado Paulino (SP)

 

Violão Popular (avançado) – Conrado Paulino (SP)

 

Violões no Choro (6 e 7 cordas) – Gian Corrêa (SP)

 

Guitarra (médio) – Hermano Faltz (CE)

 

Guitarra (avançado) – Hermano Faltz (CE)

 

Guitarra (avançado) – Arismar do Espírito Santo (SP)

 

Contrabaixo (médio) – Jr. Primata (RN)

 

Contrabaixo (avançado) – Jr. Primata (RN)

 

Bateria (médio) – Luizinho Duarte (CE)

 

Bateria (avançado) – Luizinho Duarte (CE)

 

Percussão (médio/avançado) – Luizinho Duarte (CE)

 

Prática de conjunto de MPB/Jazz A (médio/avançado) – Jr. Primata (RN)

 

Prática de conjunto de MPB/Jazz B (médio/avançado) – Thiago Almeida (CE)

 

Prática de conjunto de MPB/Jazz C (médio/avançado) – Hermano Faltz (CE)

 

Camerata de Violões (médio/avançado) – David Calandrine (CE)

 

Prática Coletiva (médio/avançado) – David Calandrine (CE)

 

Prática de Orquestra Popular (médio/avançado) – Mathilde Fillat (SP)

 

A Flauta Doce na Música Popular – Sueli Helena (DF/MG/CE)

 

Prática de Banda de Música (médio/avançado)* – Fernando Berti (RS)

 

Prática de Big Band (médio/avançado)* – Ranilson Farias (RN)

 

Orquestra de Acordeon (médio/avançado) – Rodolf Forte (CE)

 

Prática de Conjunto de Choro A (médio/avançado) – Gian Corrêa (SP)

 

Prática de Conjunto de Choro B (médio/avançado) – Gian Corrêa (SP)

 

Prática de Conjunto de Sopros – Flauta transversal (médio/avançado) – Maiara Morais (SP)

 

Prática de Conjunto de Sopros – Clarinete (médio/avançado) – Max Ferreira (SP)

 

Prática de Conjunto de Sopros – Saxofone (médio/avançado) – Rodrigo Capistrano (PR) Prática de Conjunto de Sopros – Trompete (médio/avançado) – Rômulo Santiago (CE) Prática de Conjunto de Sopros – Trombone (médio/avançado) – Sandoval Moreno (PB) Prática de Conjunto de Sopros Bombardino e Tuba (médio/avançado) – Rômulo Santiago (CE)

 

Prática de Conjunto de Sopros – Trompa e Sax-horn (médio/avançado) – Rômulo Santiago (CE)

 

NÚCLEO VOCAL

 

Técnica Vocal para Cantor Popular A – Manu Cavalaro (SP)

 

Técnica Vocal para Cantor Popular B – Manu Cavalaro (SP)

 

Técnica Vocal para Cantor Popular C – Nana Mendonça (MG)

 

Prática de Grupo Vocal A (médio/avançado) – Nana Mendonça (MG)

 

Prática de Grupo Vocal B (médio/avançado) – Nana Mendonça (MG)

 

Escuta e Improvisação Vocal (médio/avançado) – Manu Cavalaro (SP)

 

Laboratório Coral de Música Popular (médio) – Davi Silvino (CE)

 

Laboratório Coral de Música Popular (avançado) – Dalton Coelho (RJ) Barbatuques A – Maurício Maas (SP)

 

Barbatuques B – Maurício Maas (SP)

 

Barbatuques C – Maurício Maas (SP)

 

NÚCLEO ESTRUTURAÇÃO E HISTÓRIA

 

História da MPB – Rodolf Forte (CE)

 

Harmonia Popular (médio/avançado) – Conrado Paulino (SP)

 

Leitura e Percepção Musical A – Davi Silvino (CE)

 

Leitura e Percepção Musical B – Davi Silvino (CE)

 

Leitura e Percepção Musical C – Hudson Nogueira (SP)

 

Elaboração de Arranjo Vocal (médio/avançado) – Dalton Coelho (RJ)

 

Arranjo e Transcrição para Banda de Música (médio) – Hudson Nogueira (SP)

 

Arranjo e Transcrição para Banda de Música (avançado) – Hudson Nogueira (SP)

 

Improvisação – Hermano Faltz (CE)

 

NÚCLEO DE DIDÁTICA MUSICAL

 

A Didática da Flauta Doce – Sueli Helena (MG)

 

Regência e Metodologia Aplicada E. M. Bandas. (médio/avançado) – Fernando Berti (RS)

 

Regência Coral (médio/avançado) – Dalton Coelho (RJ)

 

Jogos e Brincadeiras Musicais – Patrícia Marin (CE)

 

Jogos e Brincadeiras Musicais – Patrícia Marin (CE)

 

PROJETOS ESPECIAIS

 

Oficina de Reparo e Manutenção de Instrumentos de Sopro – Adevilson Cerqueira (SC)

 

A Musicalidade dos Mestres da Cultura – Fabiano de Cristo, Mestra Cacique Pequena, Mestre Expedito Caboco, Mestra Ana Maria (CE)

 

Construção de Instrumentos Pífanos – Vanildo Franco (CE)

 

Construção de Instrumentos de Percussão – Vanildo Franco (CE)

 

Prática de Conjunto Pífano e Percussão – Vanildo Franco (CE)

 

Prática de Conjunto Rabecas e Percussões na tradição popular – Fabiano de Cristo (CE)

 

Oficina de Criação Musical A – Arismar do Espírito Santo. (SP)

 

Oficina de Criação Musical B – Arismar do Espírito Santo. (SP)

 

Oficina “Desmontando Sua Cabeça” – Kiko Denucci (SP)

 

Oficina “Desmontando Sua Cabeça” – Kiko Denucci (SP)

 

Oficina “Desmontando Sua Cabeça” – Kiko Denucci (SP)

 

Oficina de Musicografia Braille A – Jonatas Sousa (CE)

 

Oficina de Musicografia Braille B – Jonatas Sousa (CE)

 

Estratégia de ensino da música para crianças surdas – Paulo Bruno (CE)

 

Estratégia de ensino da música para crianças surdas – Paulo Bruno (CE)

 

 

FEIRA DO MI
Manhã - Instalação sonora de Eric Barbosa e alunos
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
20h - Orquestra Filarmônica Estrelas da Serra (Croatá)
22h - Marcus Caffé - Homenagem a Humberto Teixeira (Fortaleza)
PATAMAR DA IGREJA DA MATRIZ
21h - Fausto Nilo (Fortaleza)

PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Roda de Som dos alunos
20h30 - Arquelano
21h30 - Nação Tabajara (Cena Cultural da Ibiapaba) com lançamento do
disco “Plantando Estrelas” do Mestre Quincas da Rabeca

PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Roda de Som dos alunos
21h - Maiara Moraes e Quarteto (SP)
THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição de videoclipes (“Acordar com você”, Varanda Mundo.
“Ladrilhar”, Projeto Rivera. “Quando você se for”, Alfazemas”. “Luz de Jah”,
Andread Jó”. “A Cidade”, Victor Carvalhoso. “Fábrica Vida”, Os Bardos.)

PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
18h - Roda dos Mestres da Cultura com Mestra Cacique Pequena (Aquiraz)
19h - Roda de Som dos alunos
20h30 - Rabecacelllo "Concerto aos três climas"
21h - As Manas (Sobral)
THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição do longa-metragem “Suaçuamussará” com presença do
diretor Henrique Dídimo

THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição de curtas-metragens Exibição dos curtas-metragens
“Borum Krenak”, de Rogério Corrêa, “Xetá”, de Fernando Severo e
“Tupinambá - O Retorno da Terra”, de Daniela Alarcon
20h - Roda de Conversa “Histórias Tabajaras na Ibiapaba” com os
historiadores e memorialistas Daniel Sá, Gilton Barreto, Tereza Mapurunga e
Bosco Gaspar. Mediador: Alênio Alencar
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Roda de Som dos alunos
20h - Lançamento de songbook e show de Tarcísio Sardinha
21h30 - Jackson Racional e os Afrobatuques (PB)

PALCO NAÇÃO TABAJARA - PRAÇA GEN. TIBÚRCIO
19h - Teatro Mamulengo Gratidão - Miguel Mariano (infantil - Pindoguagua e
Tianguá)
20h - Trio Arupemba (música popular do Nordeste - Guaraciaba do Norte)
THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição dos curtas-metragens “Balada do Guarda-Roupa”, de Diego
Akel, “O Homem Que Pintava Músicas”, de Jackson Abacatu, “Áurea”, de
Zeca Ferreira, “Caleidoscópio”, de Natal Portela
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
18h - Roda dos Mestres da Cultura com Mestre Expedito Caboco (Juazeiro
do Norte)

20h - Roda dos Professores
21h - Sexteto Mundano (SP)
22h - Caboco Eletrônico (Juazeiro do Norte)

PATAMAR DA IGREJA
16h - Encontro de Bandas de Música da Ibiapaba
PALCO NAÇÃO TABAJARA - PRAÇA GEN. TIBÚRCIO
19h - Pedra Rara (Reggae - Tianguá)
19h40 - Rapper MH e convidados (Hip Hop - Tianguá)
20h30 - Edley (Trip Rock - Ubajara)
21h10 - Os 4 Companheiros (Chorinho - Ibiapina, Viçosa e Sobral)
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Apresentação dos resultado das oficinas
20h30 - Sanfonástica Mulher Lona (BA)
21h30 - Trovador Eletrônico (Sobral)
22h30 - Las Tropicanas (Fortaleza)

ÁTRIO DA IGREJA MATRIZ
10h às 14h - Resultado das oficinas
PALCO NAÇÃO TABAJARA - PRAÇA GEN. TIBÚRCIO
18h20 - Teatro Mamulengo Gratidão - Miguel Mariano (infantil - Pindoguagua
e Tianguá)
19h - Victor Carvalhoso (psicodélico) e Bruna Sánchez (dança
contemporânea - Tianguá)
19h20 - Inês Mapurunga (Fortaleza), Dramistas Tucuns (Tianguá),
Dramistas Viçosa (Viçosa do Ceará) e Arupemba (Guaraciaba do Norte)
(cultura popular)
20h20 - Os Bardos (rock progressivo nordestino - Quatiguaba, Viçosa do
Ceará, Tianguá e Ubajara)
21h - Cia. Bruna Sánchez (dança contemporânea - Tianguá)
21h20 - Grupo dos Cucas de Fortaleza com show “Vozes”
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
18h - Roda dos Mestres da Cultura com Mestra Ana Maria (Tianguá) e grupo
com lançamento do disco “Dramas, benditos e incelenças do povo do
Tucuns”
20h - Apresentação dos resultado das oficinas
21h - Distinto Duo (Crato)
22h - Felipe Cordeiro (PA)