NOTÍCIAS

Homenageando Jackson do Pandeiro, o 15º MI chega com novo tom de voz reforçando laços com a região da Ibiapaba

De 20 a 27 de julho, a 15a edição do Mi – Festival Música da Ibiapaba celebra os 100 anos de Jackson do Pandeiro e realiza 89 oficinas e ações de formação musical, trazendo ainda novidades como os roteiros turísticos culturais e uma nova luz sobre as riquezas da Ibiapaba.

Para tocar toda a Ibiapaba. Um dos maiores festivais de formação musical do Brasil, o Mi – Festival Música da Ibiapaba chega aos 15 anos em 2019 com novo tom de voz. Realizado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), de 20 a 27 de julho, o Mi irá ocupar diversos espaços de Viçosa do Ceará, com shows, oficinas, rodas com mestres da cultura e encontro de bandas de música. Neste ano, celebrando os 100 anos de Jackson do Pandeiro, o festival traz novos ares ao preparar um roteiro turístico cultural para quem quer aproveitar as riquezas da Ibiapaba curtindo a boa música, visitando tanto pontos turísticos quanto patrimoniais, destacando a beleza dos famosos casarões de Viçosa. 

Em seu debute de 15 anos, o Mi vem com novo tom e pretende usar a música como fio condutor desta união entre as riquezas da Ibiapaba: a cultura local, o empreendedorismo, a cidade e o patrimônio histórico, unindo riquezas materiais e imateriais. Viçosa do Ceará é palco do evento e toda a Ibiapaba é cenário e inspiração para esse novo tom de voz do Mi. 

Todo o afeto, laços e histórias construídas ao longo desta trajetória do Mi serão celebrados nesta data especial para o evento em uma formação ainda mais engajada e integrada com a região, a exemplo da homenagem a Zé Músico, músico que faz parte da história de Viçosa, do reconhecimento e valorização da história e memória das culturas indígenas e da apreciação da cultura das dramistas que tanto ecoaram pelas ruas da região em décadas passadas, especialmente em Tianguá.

Oficinas
Com mais de 1.500 inscritos, 973 alunos e alunas foram selecionados para suas 89 oficinas. O Mi segue fortalecido em seu pilar de formação musical com coordenação pedagógica assinada por Heriberto Porto e Arley França. Uma novidade especial para esta edição, parte da contínua política de inclusão e acessibilidade do evento, são duas oficinas especiais pensadas para este público: Musicografia em Braile e Estratégias de ensino de música para crianças surdas, além de um atendimento especial de Musicalização para pessoas com Paralisia Cerebral.

Programação Musical
Tradição no evento, os shows, encontros de bandas e apresentações de professores, alunos e Mestres da Cultura já são esperados a cada edição. Ressaltando frutos de políticas públicas desenvolvidas pela SECULT voltadas para a música, a programação está sendo montada dando voz e luz a artistas que passaram por Porto Iracema das Artes, Porto Dragão, Vila da Música, Ceará Música, SEBAM,  Mestres da Cultura, shows de professores além de artistas convidados.

Nesta edição, destacamos a abertura do evento com shows de Fausto NiloMarcus Caffe, este segundo que trará uma homenagem a Humberto Teixeira, além de outros nomes importantes que animam os 07 dias de evento. Ressaltamos a participação da Nação Tabajara, movimento de coletivos da região da Ibiapaba que ativam a cultura indígena no território e  do paraense Felipe Cordeiro, que apresentará sua sonoridade pop tropical que une a guitarrada do Pará, o carimbó, a cumbia e a música eletrônica.

Mestres da cultura
O Mi celebra, como em outras edições, a interação da música com a cultura popular tradicional e a conexão entre gerações. Novamente, convida para compor sua programação formativa, três mestres e mestras da cultura do Ceará, tesouros vivos reconhecidos pela Secult: Mestra Ana Maria (Tianguá – CE) que encanta com seus dramas, Mestra Cacique Pequena (Aquiraz – CE) que vem para somar trazendo os costumes da tribo Jenipapo-Kanindé e Mestre Expedito Caboco (Juazeiro do Norte – CE).  

O 15º Mi – Festival Música da Ibiapaba é uma realização da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará em parceria com a Secretaria de Educação e Secretaria de Turismo do Estado do Ceará e apoio da Prefeitura de Viçosa e Sebrae.

 

FEIRA DO MI
Manhã - Instalação sonora de Eric Barbosa e alunos
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
20h - Orquestra Filarmônica Estrelas da Serra (Croatá)
22h - Marcus Caffé - Homenagem a Humberto Teixeira (Fortaleza)
PATAMAR DA IGREJA DA MATRIZ
21h - Fausto Nilo (Fortaleza)

PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Roda de Som dos alunos
20h30 - Arquelano
21h30 - Nação Tabajara (Cena Cultural da Ibiapaba) com lançamento do
disco “Plantando Estrelas” do Mestre Quincas da Rabeca

PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Roda de Som dos alunos
21h - Maiara Moraes e Quarteto (SP)
THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição de videoclipes (“Acordar com você”, Varanda Mundo.
“Ladrilhar”, Projeto Rivera. “Quando você se for”, Alfazemas”. “Luz de Jah”,
Andread Jó”. “A Cidade”, Victor Carvalhoso. “Fábrica Vida”, Os Bardos.)

PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
18h - Roda dos Mestres da Cultura com Mestra Cacique Pequena (Aquiraz)
19h - Roda de Som dos alunos
20h30 - Rabecacelllo "Concerto aos três climas"
21h - As Manas (Sobral)
THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição do longa-metragem “Suaçuamussará” com presença do
diretor Henrique Dídimo

THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição de curtas-metragens Exibição dos curtas-metragens
“Borum Krenak”, de Rogério Corrêa, “Xetá”, de Fernando Severo e
“Tupinambá - O Retorno da Terra”, de Daniela Alarcon
20h - Roda de Conversa “Histórias Tabajaras na Ibiapaba” com os
historiadores e memorialistas Daniel Sá, Gilton Barreto, Tereza Mapurunga e
Bosco Gaspar. Mediador: Alênio Alencar
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Roda de Som dos alunos
20h - Lançamento de songbook e show de Tarcísio Sardinha
21h30 - Jackson Racional e os Afrobatuques (PB)

PALCO NAÇÃO TABAJARA - PRAÇA GEN. TIBÚRCIO
19h - Teatro Mamulengo Gratidão - Miguel Mariano (infantil - Pindoguagua e
Tianguá)
20h - Trio Arupemba (música popular do Nordeste - Guaraciaba do Norte)
THEATRO DOM PEDRO II
19h30 - Exibição dos curtas-metragens “Balada do Guarda-Roupa”, de Diego
Akel, “O Homem Que Pintava Músicas”, de Jackson Abacatu, “Áurea”, de
Zeca Ferreira, “Caleidoscópio”, de Natal Portela
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
18h - Roda dos Mestres da Cultura com Mestre Expedito Caboco (Juazeiro
do Norte)

20h - Roda dos Professores
21h - Sexteto Mundano (SP)
22h - Caboco Eletrônico (Juazeiro do Norte)

PATAMAR DA IGREJA
16h - Encontro de Bandas de Música da Ibiapaba
PALCO NAÇÃO TABAJARA - PRAÇA GEN. TIBÚRCIO
19h - Pedra Rara (Reggae - Tianguá)
19h40 - Rapper MH e convidados (Hip Hop - Tianguá)
20h30 - Edley (Trip Rock - Ubajara)
21h10 - Os 4 Companheiros (Chorinho - Ibiapina, Viçosa e Sobral)
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
19h - Apresentação dos resultado das oficinas
20h30 - Sanfonástica Mulher Lona (BA)
21h30 - Trovador Eletrônico (Sobral)
22h30 - Las Tropicanas (Fortaleza)

ÁTRIO DA IGREJA MATRIZ
10h às 14h - Resultado das oficinas
PALCO NAÇÃO TABAJARA - PRAÇA GEN. TIBÚRCIO
18h20 - Teatro Mamulengo Gratidão - Miguel Mariano (infantil - Pindoguagua
e Tianguá)
19h - Victor Carvalhoso (psicodélico) e Bruna Sánchez (dança
contemporânea - Tianguá)
19h20 - Inês Mapurunga (Fortaleza), Dramistas Tucuns (Tianguá),
Dramistas Viçosa (Viçosa do Ceará) e Arupemba (Guaraciaba do Norte)
(cultura popular)
20h20 - Os Bardos (rock progressivo nordestino - Quatiguaba, Viçosa do
Ceará, Tianguá e Ubajara)
21h - Cia. Bruna Sánchez (dança contemporânea - Tianguá)
21h20 - Grupo dos Cucas de Fortaleza com show “Vozes”
PALCO JACKSON DO PANDEIRO - ANFITEATRO ALBERTO NEPOMUCENO
18h - Roda dos Mestres da Cultura com Mestra Ana Maria (Tianguá) e grupo
com lançamento do disco “Dramas, benditos e incelenças do povo do
Tucuns”
20h - Apresentação dos resultado das oficinas
21h - Distinto Duo (Crato)
22h - Felipe Cordeiro (PA)